• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Apresentação do Projeto da Rede de Distribuição de Gás Natural - Gouxaria 2022

foto reuniao tagusgas

 

Teve lugar, no dia 18 de maio, no Auditório dos Paços do Concelho, em Alcanena, a sessão de apresentação do projeto da rede de distribuição de gás natural, a construir em Gouxaria, lugar da União das Freguesias de Alcanena e Vila Moreira, onde estão implantadas algumas das unidades industriais de maior relevo no concelho de Alcanena.

 

A Tagusgás – Empresa de Gás do Vale do Tejo, S.A., apresentou à Câmara Municipal de Alcanena e aos empresários de Gouxaria presentes o projeto que se propõe desenvolver, até ao final de 2022, e que pressupõe a execução da rede de gás que permitirá o abastecimento, numa primeira fase, dos clientes empresariais, e, numa segunda fase, dos clientes domésticos.

 

A viabilidade de execução do projeto está dependente da confirmação do interesse por parte dos clientes empresariais, o que deverá ocorrer até final do primeiro semestre de 2022.

 

O projeto apresentado tem as seguintes características:
- 4.000m de extensão prevista;
- 500.000€ de investimento estimado;
- 1.500.000 m3/ano de gás transportado na rede;
- 90 dias de prazo estimado de execução.

 

Compete aos clientes a execução dos trabalhos inerentes à rede interior de gás natural, devendo, para tal, recorrer a empresas instaladoras credenciadas. Compete também aos clientes a escolha do seu comercializador e a negociação das condições comerciais para o fornecimento de gás, em regime de mercado livre.

 

Este projeto, agregador de valor, insere-se no âmbito da promoção da descarbonização da economia e da transição energética, visando a neutralidade carbónica em 2050, enquanto oportunidade para Portugal, assente num modelo democrático e justo de coesão territorial que potencie a geração de riqueza e o uso eficiente de recursos. A rede de gás natural no concelho de Alcanena é recente e está preparada para o futuro, isto é, para acomodar a introdução de hidrogénio ou metano no gás natural, tornando-o mais verde.

 

Este projeto contribuirá, certamente, para impulsionar a economia local, melhorar a segurança energética e beneficiar o ambiente.