• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Execução das Redes de Saneamento de Águas Residuais de Carvalheiro

planta pst1 carvalheiro low
 
Plano de Sinalização e Ocupação Temporária da Via Pública
 
No âmbito dos trabalhos referentes à Execução das Redes de Saneamento de Águas Residuais de Carvalheiro, a Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira aprovou, a 14 de setembro de 2019,o Plano de Sinalização e Ocupação Temporária da Via Pública, ratificado em Reunião de Câmara realizada a 8 de outubro de 2019, apresentado pela firma Adjudicatária, Toelta – Gestão Imobiliária e Concessões, SA.
 
O plano será implementado numa rua sem nome, situada a Sudoeste da Rua de Santo António, em Louriceira.
 
Considerando a largura da rua onde irão ser executados os trabalhos, a fraca intensidade de trânsito que se verifica no local (maioritariamente acesso a moradores) e as necessidades de espaço para a evolução do equipamento pesado de produção (giratória, camião, etc) torna-se necessário impor a proibição de circulação automóvel nas áreas a intervencionar. Serão, no entanto, assegurados os acessos pedonais aos moradores.
 
Com o objetivo de assegurar as condições adequadas para realização dos trabalhos previstos e, simultaneamente, reduzir ao máximo os constrangimentos no local, tona-se necessário subdividir a intervenção em duas fases distintas.
 
Na primeira fase (Fase 01), proceder-se-á ao fecho da rua sem nome, em causa, desde o entroncamento a Norte (caixa Cx.10) até à caixa Cx.10.01.5, a Sul, para execução da rede de coletores a implantar. Os trabalhos terminam com o aterro das valas e das zonas circundantes às caixas e com a reposição das condições de circulação na faixa intervencionada.
 
Na segunda fase (Fase 02), proceder-se-á à pavimentação da área de betuminoso removido durante o processo de abertura de vala da fase anterior, o que será efetuado, fechando novamente a circulação no mesmo troço.
 
Os trabalhos terão início previsto a 2 de dezembro de 2019 e prolongar-se-ão durante o prazo máximo previsto de três semanas. Os elementos relevantes foram também enviados às entidades competentes, Proteção Civil, Bombeiros, GNR, Juntas de Freguesia e outras.
 
Attachments:
Download this file (planta pst1 carvalheiro.jpg)planta pst1 carvalheiro.jpg[ ]73 kB