• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Assinatura do Protocolo entre o Município de Lisboa e o Município de Alcanena – Formação de Bombeiros e Técnicos da Proteção Civil do Município de Alcanena

foto protocolo protecao civil cma cml
 
Teve lugar, na manhã do dia 3 de agosto de 2020, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Alcanena, a Sessão de Assinatura do Protocolo de Colaboração celebrado entre o Município de Lisboa (através do Departamento de Desenvolvimento e Formação e do Regimento de Sapadores Bombeiros) e o Município de Alcanena (através do Serviço Municipal de Proteção Civil), que tem como objeto a formação inicial e contínua do efetivo da carreira de bombeiro profissional, ou outra, assim como a formação dos técnicos de Proteção Civil do Município de Alcanena.
 
A formação prevista no Protocolo será desenvolvida através de cursos a ministrar pelo Departamento de Desenvolvimento e Formação e do Regimento de Sapadores Bombeiros da Câmara Municipal de Lisboa, de acordo com o diagnóstico das necessidades apresentado pela Câmara Municipal de Alcanena.
 
O documento foi assinado pelo Vereador da Proteção Civil da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Manuel de Brito de Castro, e pela Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira.
 
Na sua intervenção, Carlos de Castro afirmou que a assinatura do protocolo resultou de um desafio lançado pela Câmara Municipal de Alcanena, que foi acolhido com agrado pela Câmara de Lisboa. O Vereador salientou a importância das sinergias entre os vários municípios, em prol da segurança das populações, e enalteceu a importância do trabalho pluridisciplinar dos bombeiros.
 
A Presidente da Câmara Municipal de Alcanena referiu que o impulsionador deste protocolo foi Paulo Silva, atualmente a desempenhar funções no Comando dos Bombeiros Municipais do Cartaxo, e que foi convidado a desempenhar as funções de Coordenador Municipal da Proteção Civil de Alcanena, cargo que desempenhará a partir do próximo dia 1 de outubro de 2020.
 
A autarca fez referência à constante valorização levada a cabo pelo atual executivo no domínio da Proteção Civil, assim como em todas as áreas de atuação do Município, destacando a valorização das pessoas, nomeadamente dos bombeiros, que devem estar bem preparados para responder à diversidade de situações que se lhes colocam. Neste sentido, o Protocolo agora assinado assume-se como um importante contributo na formação inicial e contínua dos bombeiros do concelho, sendo de louvar a atitude do Município de Lisboa, na partilha de conhecimento e experiência com outros municípios do país.
 
Esta sessão contou com as presenças dos Vereadores Luís Pires, Hugo Santarém e Óscar Pires, do Comandante do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa, Tenente-Coronel Tiago Lopes, assim como dos representantes da Comissão Municipal de Emergência e Proteção Civil, nomeadamente, o Presidente da Junta de Freguesia de Bugalhos, José Luís Ramos, a Presidente da Junta de Freguesia de Minde, Fátima Ramalho, o Presidente da Junta de Freguesia de Moitas Venda, Álvaro Capaz Gonçalves, a Presidente da Junta de Freguesia de Serra de Santo António, Marlene Carvalho, a Presidente da Junta de Freguesia da União das Freguesias de Malhou, Louriceira e Espinheiro, Lina Louro, o Comandante e o Adjunto de Comando dos Bombeiros Municipais de Alcanena, Jorge Frazão e Vítor Ermano, respetivamente, o 2º Comandante dos Bombeiros Voluntários de Minde, Rui Gavazzi, o Comandante do Posto Territorial da GNR de Alcanena, 1º Sargento Jorge Oliveira, o Comandante do GIPS de Pernes, 1º Sargento João Mendes, a representante da Segurança Social de Alcanena, Isabel Monteiro Santos, e a Técnica do Gabiente Técnico Florestal, Alexandra Sousa, tendo também estado presente, Paulo Silva, futuro Coordenador Municipal da Proteção Civil de Alcanena.