• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Alcanena Volta a Ser Distinguida como Autarquia + Familiarmente Responsável em 2020

OAFR2020 low

 

O Município de Alcanena foi distinguido, pelo segundo ano consecutivo, pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), como Autarquia Familiarmente + Responsável, numa iniciativa que pretende premiar as autarquias que desenvolvem uma eficaz política de apoio e ajuda às famílias, reconhecendo as boas práticas em matéria de política familiar e distinguindo os municípios que investem na construção de uma política integrada de apoio à família.

 

O Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis foi criado em 2008 pela Associação Portuguesa de Famílias Numerosas, que, em 2002, iniciou um trabalho conjunto com os municípios para a construção de uma “Política Autárquica de Família”, e tem como principais objetivos:
- dar visibilidade às autarquias que se destaquem por práticas amigas das famílias;
- potenciar a experiência obtida por uns municípios em benefício dos outros;
- colocar ao dispor das autarquias uma equipa pluridisciplinar, constituída essencialmente por pessoas da área da sociologia, psicologia, assistência social e familiar e economia que, com experiência nos âmbitos da família e das autarquias possam contribuir positivamente para a avaliação de medidas nesta área, quer previamente, quer a posteriori.

 

Este prémio tem por base um levantamento exaustivo das boas práticas existentes, em resultado de um inquérito junto de todos os municípios portugueses, e visa reconhecer a capacidade de intervenção das autarquias, estimulando a continuidade das políticas de apoio à família praticadas e incentivando a prossecução de novas medidas, favorecendo uma cultura favorável à família.

 

A seleção das autarquias é baseada numa análise a dez áreas de atuação: apoio à maternidade e paternidade, apoio às famílias com necessidades especiais, serviços básicos, educação e formação, habitação e urbanismo, transportes, saúde, cultura, desporto, lazer e tempo livre, cooperação, relações institucionais e participação social, entre outras iniciativas. É ainda tida em conta a conduta das autarquias para com os seus funcionários em matéria de conciliação entre trabalho e família.

 

Esta distinção vem reconhecer a implementação, pelo Município, de políticas transversais, capazes de acolher e valorizar as Famílias, garantindo-lhes o pleno exercício das suas responsabilidades e competências e prevenindo situações de risco e vulnerabilidade.