• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Violência Doméstica entre Pessoas do Mesmo Sexo – Formação de Profissionais da Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica

seminario cimt dez20

 

Sessões síncronas, nos dias 2, 4 e 11 de dezembro de 2020
Inscrições gratuitas, até 20 de novembro


“Formação de Profissionais da Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica - Violência Doméstica entre Pessoas do mesmo Sexo” é nome da formação gratuita, que será promovida nos dias 2, 4 e 11 de dezembro, realizada à distância, através de sessões síncronas, em horário laboral.

 

Com inscrições abertas até dia 20 de novembro, a formação será ministrada pela União de Mulheres Alternativa e Resposta, contando com o apoio da CIMT – Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo e é destinada aos profissionais da Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica da região do Médio Tejo.

 

De referir que esta formação surge integrada numa candidatura, aprovada no passado mês de agosto, que se destina à Formação de Públicos Estratégicos.

 

Com a implementação desta candidatura, a CIMT vai ainda promover dois cursos destinados ao público em geral, designadamente:
- Em janeiro - Formação de agentes qualificados/as que atuem no domínio da Violência Doméstica e/ou da prevenção da vitimização ou revitimização desta – Técnicos/as de Apoio à Vítima;
- E, posteriormente - Avaliação e Gestão de Risco de Violência Doméstica.

 

Através destes cursos, a CIMT pretende desenvolver um plano de formação específico na área da violência doméstica, de género e violência contra as mulheres, com o objetivo de dotar de conhecimentos e competências os técnicos de intervenção das estruturas de apoio e acompanhamento a vítimas de violência doméstica dos municípios, bem como formar o público em geral, que cumpra os requisitos necessários.

 

Para o efeito, os cursos de formação a dinamizar são realizados com base nos referenciais da Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.

 

Esta candidatura foi aprovada pelo POISE - Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, contando a sua concretização com o seu financiamento.

 

Todas as informações sobre a formação “Formação de Profissionais da Rede Nacional de Apoio a Vítimas de Violência Doméstica - Violência Doméstica entre Pessoas do mesmo Sexo” são prestadas através do email This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it. e tem inscrição obrigatória através do link: https://forms.gle/wbirW6sUtRHBePMH9.

 

Para a CIMT, o combate à violência doméstica é uma premissa do trabalho intermunicipal, concertado com os municípios da região, que tem resultado num conjunto de ações diversas, iniciadas com o Projeto Maria.

 

Attachments:
Download this file (cartaz seminario cimt dez20.jpg)cartaz seminario cimt dez20.jpg[ ]98 kB

Orçamento Participativo Jovem 2020

foto reuniao opj20 9nov20

 

“Modernização do Polidesportivo de Covão do Coelho” – Ponto de Situação


O Vereador Hugo Santarém, acompanhado pela Engª Fátima Paulino, da DPGOM – Divisão de Planeamento e Gestão de Obras Municipais da autarquia, reuniu, no passado dia 9 de novembro, com alguns dos jovens autores do projeto vencedor do Orçamento Participativo Jovem 2020, para avaliação do ponto de situação do procedimento em curso.

 

Recorde-se que o projeto vencedor da edição de 2020, com 50,5% dos votos, foi o projeto nº 3, “Modernização do Polidesportivo de Covão do Coelho”, da autoria de Emanuel Formiga, Leonardo Vieira, Tiago Jorge, Samuel Santos, Paulo Xavier Neto, Diogo Lapo, Iúri Neto, Pedro Formiga, Tiago Carreira, João Pedro Silva e João Jorge.

 

O projeto prevê, entre outras intervenções, a iluminação do polidesportivo, a criação de um espaço de street workout e a instalação de uma fonte de água potável.

 

De acordo com os critérios de participação do Orçamento Participativo Jovem 2020, o projeto vencedor será implementado pelos serviços municipais, sob gestão da divisão responsável pela área temática da proposta vencedora, em estreita colaboração com os seus preponentes.

 

O Orçamento Participativo Jovem é uma iniciativa da Câmara Municipal de Alcanena, que visa o envolvimento e auscultação da população jovem, residente no Concelho, promovendo a democracia participativa, um dos princípios fundamentais da Constituição da República Portuguesa.