• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Tributo a Amália Rodrigues – Noite de Fados

noite fados 2022

 

Dia 27 de maio, no Jardim Das Lagoas

 

O Jardim das Lagoas, em Alcanena, recebe, no próximo dia 27 de maio, sexta-feira, às 21:30h, a Noite de Fados “Tributo a Amália Rodrigues”, com as fadistas Sara Condinho, Joana Cota, Liliana Jordão, Marlene Carvalho e Rute Xavier, acompanhadas pelos músicos Paulo Leitão (Guitarra Portuguesa), Gilberto Silva (Viola) e Fernando Nani (Viola-Baixo).

 

Sinopse:
Retomando uma tradição do Cine-Teatro São Pedro, já com alguns anos, voltámos a convidar vários fadistas do concelho de Alcanena para uma noite de fados. Em 2022 pegámos nesta ideia, transformando-a num tributo à maior fadista de todos os tempos e ícone nacional – Amália Rodrigues. Vamos sair fora de portas, apresentando este espetáculo a toda a população, no Jardim das Lagoas, em Alcanena.

 

Entrada livre

 

Comemorações do Dia Internacional dos Museus no Edifício do Museu do Curtume

foto dia museus 22 mcurtume

 

Anualmente, o ICOM (International Council of Museums) consagra um tema para comemorar o Dia Internacional dos Museus, que se assinala no dia 18 de maio. Este ano, o tema “O Poder dos Museus” é o mote para uma festa que reúne museus de todo o mundo.

 

No edifício do Museu do Curtume, a equipa do Projeto ‘Museu Arte e Indústria do Couro’ levou a cabo uma oficina de memória, que é um primeiro momento do projeto que se pretende promover, apelidado de ‘Arquivo de Memórias’, e que tem o objetivo de reunir os testemunhos – orais, visuais, sonoros, gestuais – da comunidade, nos processos relacionados com o saber-fazer do couro e a indústria dos curtumes, que é tão identitária de Alcanena.

 

Foram convidados para se sentar à volta de uma mesa, numa conversa informal, pessoas ligadas às fábricas, industriais, operariado, em torno do saber-fazer particular da ‘sola de Alcanena’. Contámos com a presença de Augusto Pereira (ex-operário dos curtumes), Carlos Cadete (ex-industrial), Fernando Henriques (ex-batedor de sola), Joaquim Inácio (industrial) e Valdemar Henriques (ex-coordenador da União de Sindicatos de Santarém), tendo a conversa sido orientada pelo historiador Gabriel Feitor.

 

Assim se materializou o tema do ICOM, o ‘Poder dos Museus’, convocando as vozes da comunidade para a construção dos conteúdos do que será o futuro museu.