• Início
  • Mapa do Site
  • Contactos

Munícipe

Equipamentos Municipais

Edifícios Administrativos

 

Edifício dos Paços do Concelho

CMA1

Morada
Praça 8 de Maio
2380-037 Alcanena


Contactos
Telefone

249 889 010


Fax

249 891 357


E-mail

Página Web

Horário
2º Feira-6ª Feira 9:00h-13:00h/14:00h-18:00h

Atendimento ao público
2º Feira-6ª Feira 9:00h-16:30h

 

Casa da Cultura Alcanena

IMG 6289

 

A casa da cultura foi mandada construir, juntamente com o bairro a esta anexado, por Manuel dos Santos Moita Júnior, sabendo-se que a data de construção é anterior a 1937.


A casa é um dos exemplos arquitetónicos que marcam e traduzem a ascensão social e económica da terra e dos que a mandaram construir, numa época em que a indústria de curtumes entrava no seu apogeu. O interior da casa encontra-se decorado com algum requinte, sendo visíveis ainda ornamentos de madeira entalhada, estuques trabalhados e marmoreados, entre outras imitações de texturas de pedra.

 

As casas do bairro foram vendidas a José Augusto Patrício Mota. Após o falecimento deste e da sua esposa, os herdeiros venderam a casa à Câmara Municipal de Alcanena, inaugurada como “Casa da Cultura” em 8 de Maio de 1995.

 

Aqui funcionam os serviços da cultura, ensino, desporto. No rés-do-chão, voltado para a frente da casa, existe uma pequena galeria de arte, Maria Lucília Moita, onde são realizadas exposições temporárias. Num anexo do edifício funciona a ARPICA - Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Concelho de Alcanena.

 

Morada
Casa da Cultura
Praça 8 de Maio
2380-037 Alcanena


Contactos

Telefone
249889114

 

Fax
249891136

 

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Horário
2º Feira-6ª Feira 9:00h-13:00h/14:00h-18:00h

 

Atendimento ao público
2º Feira-6ª Feira 9:00h-16:30h


Complexo Social DDSPC

edificio-1

 

Morada

Rua da Cova n.6
2380-051 Alcanena

 

Contactos
Telefone
249 891 455
249 890 026

 

Fax

249 897 626

 

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Horário
2º Feira-6ª Feira 9:00h-13:00h/14:00h-18:00h

 

Edifícios Culturais


Centro Ciência Viva do Alviela - CARSOSCÓPIO

IMG 6400

 

O Centro Ciência Viva do Alviela - Carsoscópio é um espaço de ciência e tecnologia integrado na Rede Nacional de Centros Ciência Viva. Viajar pelo Maciço Calcário Estremenho ao longo de 175 milhões de anos, desvendar os percursos subterrâneos da água a 3D ou "colocar-se na pele" de um morcego são apenas algumas das experiências ao dispor do visitante.


Aberto ao público desde 15 de dezembro de 2007, o edifício e espaço expositivo foram recentemente requalificados, mantendo o enquadramento na paisagem natural envolvente, em pleno Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros e junto à nascente do rio Alviela.

 

Morada
Praia Fluvial dos Olhos d'Água do Alviela
Louriceira  
2380-450 Alcanena

 

Contactos
Telefone

249 881 805

 

Email
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Página Web
http://www.alviela.cienciaviva.pt/

 

Horário
3ª a Domingo – das 10h00 às 18h00


Auditório Municipal

AudMun

 

A Vila  de Alcanena conta, com um notável conjunto de edifícios públicos e privados tendo a primeira metade do século XX sido a época áurea destas construções. O grupo mais antigo situa-se em redor do antigo mercado do peixe, transformado num moderno auditório (Auditório Municipal), mantendo a arquitetura original, que é, ele próprio, um exemplo de grande interesse representativo da arquitetura do ferro.


Morada
Rua António Rodrigues Teixeira, 1
Alcanena

 

Contactos
Telefone

249 882 245

 

Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira

Biblioteca municipal Alcanena


Inaugurada a 28 de Setembro de 2002, a Biblioteca Municipal Dr. Carlos Nunes Ferreira é um espaço amplo e arejado, instalado no coração da vila de Alcanena, pretendendo afirmar-se como um centro dinamizador de cultura. Assim, a Biblioteca Municipal de Alcanena coloca ao dispor dos seus utilizadores um variado leque de serviços, desde a habitual consulta ou empréstimo domiciliário de livros e revistas até aos jogos multimédia, Internet, filmes, CD’s e jogos. A Biblioteca dispõe ainda de um espaço dedicado às crianças até aos 4 anos de idade (bebeteca), devidamente acompanhadas por um adulto responsável. Existe também um espaço destinado a acolher várias exposições e um bar.


História
A Biblioteca Municipal de Alcanena resulta da adaptação de um antigo celeiro/palheiro da Casa Agrícola, integrado num conjunto de barracões pertencentes ao Sr. Joaquim Carlos Reis e Silva, do ano de 1903, de acordo com a inscrição que ainda hoje se pode ler na fachada do actual edifício.

 

Morada

Rua 25 de Abril, nB: 286
2380-042 Alcanena

 

Contactos
Telefone

249 891 207/249 882 486


Fax

249 891 237

 

Página Web

http://www.cm-alcanena.pt/nl/

 

Horário
2º Feira-6ª Feira 10:00h-19:00h

 

Encerrado
Sábado
Domingo
Feriados


Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro

Caorg

 

Criado em 1986 na sequência do encerramento do Museu Roque Gameiro (1970-1980) tem procurado aliar a tradição e a memória com a contemporaneidade. Desta ligação resultou a adoção natural do aguarelista Alfredo Roque Gameiro, como patrono. Tem objetivos de atividade cultural assentes na preservação, caraterização e promoção dos valores da sociedade onde se insere.

 

Morada
Rua Monsenhor Michel, n.º 54 - apartado 35

2395-201 Minde

 

Contactos
Telefone/fax

Geral/conservatório

249 840 022

 

Museu

249 841 292

 

Email
Direção

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Geral

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Museu

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Coro

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Página Web
http://www.caorg.pt/portal/

 

O Museu
A criação de um museu dedicado à obra de Alfredo Roque Gameiro surgiu por iniciativa de familiares e conterrâneos admiradores da obra do grande Mestre da aguarela portuguesa.


Abriu pela primeira vez ao público em novembro de 1970 e ficou instalado provisoriamente numa parte da moradia que tinha servido de residência aos seus pais. Para o efeito, foi adaptada pelo arquitecto Martins Barata, mantendo-se esta solução provisória até 1980.


Dos esforços conjuntos do Município de Alcanena e do Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro foi possível a aquisição da “Casa dos Açores” por parte da Câmara Municipal, em 2001, para aí ser instalado o Museu de Aguarela Roque Gameiro, inaugurado a 29 de Julho de 2009, pelo Presidente da Assembleia da República, Dr. Jaime Gama.


Esta casa é um exemplar notável de arquitetura e jardins do início do século XX, ligada à família do pintor, que ele próprio ajudou a desenhar, provavelmente em colaboração com o seu grande amigo, Raul Lino.


As transformações introduzidas pelo Arquiteto Martins Barata dirigiram-se aos aspetos físicos imediatos de reparação das coberturas e consolidação de aspetos estruturais, assim como a supressão de algumas paredes e divisórias.


Atualmente, o Museu apresenta o seu programa museológico, numa lógica de rotatividade das obras em exposição permanente, oferecendo ciclos expositivos temporários. Compreende ainda um espaço dedicado à prática do desenho e da aguarela, assim como um centro de documentação.

 

O Artista
Alfredo Roque Gameiro nasceu em Minde, a 4 de Abril de 1864, e faleceu em Lisboa, a 5 de Agosto de 1935. Era filho de Ana de Jesus e Silva e de Manuel Rey Roque Gameiro (Migança).


Iniciou a sua carreira artística como desenhador-litógrafo, nas oficinas do seu irmão Justino Guedes Roque Gameiro, onde produziu uma vasta obra como ilustrador de livros, revistas e jornais, mas foi sobretudo como pintor aguarelista que se notabilizou. A sua técnica atingiu um grande perfecionismo, o que lhe permitiu obter muitos prémios nacionais e internacionais.


Em 1884, Alfredo Roque Gameiro partiu para a Alemanha, onde se dedicou ao estudo e aprendizagem de novas técnicas, tendo regressado imbuído do seu amor às coisas portuguesas genuínas e, segundo ele próprio dizia: “reforçou em mim o furor trazido lá de fora para conhecer melhor a minha terra que, estudante na Alemanha, aprendera a amar”.


O artista era um homem apaixonado pela Natureza, de temperamento saudável, que vivia em constante admiração das maravilhas e mistérios que nos rodeiam; nunca se adaptou à vida na cidade e, por isso, em 1898, fixou residência na Amadora.


A sua figura é muito marcada pela suas origens, formação e convicções, cujo fundo tradicionalista se mostra no lema “Honra teus avós”, que tinha afixado na casa da Amadora, mais tarde na porta do seu ateliê em Campolide e, hoje, à entrada do Centro de Artes e Ofícios Roque Gameiro, em Minde.

 

Horário de Funcionamento
Inverno

terça a domingo, 10:00h – 16:00h


Verão

terça a domingo, 10:00h – 18:00h


Encerrado

12:30h – 14:00h; segundas-feiras e feriados


Entrada

3€
Entradas gratuitas
Crianças até aos 10 anos (quando acompanhadas por adultos), grupos de alunos acompanhados pelos respetivos professores.


No dia 18 de Maio a entrada é gratuita para o público em geral


Atividades temporárias

Exposições temporárias, concertos comentados e outras atividades


Centro de Documentação
Especialmente vocacionado para estudantes, professores e investigadores, mediante marcação prévia.


Visitas
Todas as visitas (grupos até 10 pessoas) são orientadas (de hora a hora, com início às 10:00h).


Visitas de Grupos
Com marcação prévia.
As vistas de grupos de alunos de escolas terão lugar à quarta-feira à tarde e à quinta-feira de manhã

 

Loja
Aberta no horário de funcionamento do Museu


Cine-Teatro Rogério Venâncio – Minde

Cineteatro minde

 

Inaugurado em 1952 e constituído por uma sala retangular de cena contraposta, comportando uma plateia e um balcão. Apresenta caraterísticas de arquitetura civil cultural e vernácula. O Cine-Teatro Rogério Venâncio, em Minde, tem capacidade para 277 espectadores. Propriedade da Casa do Povo de Minde, este equipamento cultural é regularmente utilizado pelo grupo de teatro amador “Boca de Cena”, de Minde, acolhendo também vários outros espetáculos.
 
Morada
Avenida José António de Carvalho (EN 243)
2395 Minde


Cine-Teatro S. Pedro – Alcanena

DSC 0016

 

Localizado no centro da vila, junto aos Paços do Concelho, o atual edifício do Cine-Teatro S. Pedro resulta de uma reconstrução do antigo Cine-Teatro, do qual apenas se manteve a fachada. Privilegiando as atividades de caráter cultural e social, o Cine-Teatro S. Pedro pretende ser um pólo produtor e difusor de cultura. A Sala de Espetáculos tem capacidade para 342 espectadores, sendo que o edifício conta ainda com uma sala de Exposições distribuída por dois dos quatro pisos que o compõem.

 

História
A 1 de Agosto de 1947 iniciam-se às obras de construção do Cine-Teatro São Pedro, na atual Rua 25 de Abril, junto à Praça 8 de Maio e dos Paços do Concelho.


Esta nova praça afirmava-se como nova zona nobre da vila, rasgada por uma intervenção urbana talvez inspirada nas políticas urbanísticas de Duarte Pacheco para o Estado Novo, centrada no Edifício da Câmara Municipal e Paços do Concelho (Edifício construído em 1946) e enriquecida por imponentes edifícios privados dessa primeira metade do século XX, como a Vivenda Nazareth, a atual Casa da Cultura ou a casa de família da pintora Maria Lucília Moita.

 

Morada

Avenida 25 de Abril
20380-042 Alcanena

 

Telefone
249 889 115 a partir das 19H em dia(s) de espetáculo(s)

As reservas, em dias uteis, são efetuadas pelo telefone da Câmara Municipal - 249 889010

A Bilheteira abre, em dia de espetáculo, 2 horas antes do mesmo, e as reservas devem ser levantadas até 30 minutos antes do início do espetáculo, após este período, serão disponibilizadas a quem solicitar.

 

E-mail
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 


Museu da Boneca

Instalações

 

O Museu da Boneca é um equipamento tutelado pela Câmara Municipal Alcanena que expõe e divulga uma coleção visitável de bonecas, propriedade de Rosa Maria Vieira, que, ao longo dos anos, reuniu já cerca de 7000 exemplares de bonecos e bonecas das mais variadas formas, tamanhos e materiais.


A exposição permanente reúne vários modelos de bonecas trabalhadas em cerâmica. A fragilidade dos materiais de fabrico e o requinte do vestuário fizeram destes exemplares peças de caráter iminentemente decorativo. Nesta sala podem observar-se miniaturas, bonecas à escala para casas de brincar e vitrinas, assim como peças de maiores dimensões adequadas à decoração de espaços mais amplos. As feições de bebé e de menina, uma constante na exposição, permitem-nos perspetivar um pouco do que tem sido o gosto dos adultos por este tipo de brinquedo em particular.


Para além da área expositiva, o Museu da Boneca compreende também um espaço onde, através de materiais didáticos alusivos à coleção, incentivar-se-á a interpretação e assimilação de algumas noções de património material e imaterial.


No Hospital de Bonecas, espaço interativo, poder-se-á assistir ao arranjo de brinquedos, efetuado pela proprietária da coleção, com o intuito de comunicar aos visitantes a importância de cuidar do património.

 

O espaço onde se situa o Museu da Boneca é, por si só, um recurso à memória coletiva da comunidade, pois fica situado no edifício da antiga cantina escolar, ou seja, tanto a coleção como o espaço físico em si transportam o visitante para os espaços da infância e da memória.

 

Morada              
Rua Engº Eduardo de Oliveira, 49

2380-071 Alcanena

 

Contactos
Telefone

249 899 308


E-mail       
Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Horário
Terça a Sexta-feira -10h-13h e 14h-18h
Sábados e Domingos - 14h-18h

Encerramento - Segunda-feira


Museu do Curtume de Alcanena

DSC 0140

 

O Museu da Pele e dos Curtumes surge a partir de uma ideia da autarquia, quando se verifica que existe no Concelho de Alcanena um património industrial muito grande, que está intimamente ligado com o desenvolvimento da área ao nível geográfico, politico e social. A sua criação data de 23 de Junho de 2003, por proposta e deliberação em reunião ordinária dos membros da Câmara Municipal de Alcanena.

 

Museu do Curtume de Alcanena – Protocolo de Cooperação

Assinatura do Protocolo dia 10 de setembro 2013

Teve lugar, no dia 10 de setembro 2013, no Museu do Curtume de Alcanena, a Assinatura do Protocolo de Cooperação entre a Câmara Municipal de Alcanena, o Instituto Politécnico de Tomar, a Associação Portuguesa dos Industriais Curtumes e o Centro Tecnológico das Indústrias do Couro referentes ao Museu do Curtume.


Após a Assinatura do Protocolo de Cooperação tomou a palavra Mário Marques, Presidente do Concelho de Administração do Centro Tecnológico das Indústrias do Couro, que se congratulou pelo facto do CTIC integrar este projeto, manifestando toda a disponibilidade para colaborar na prossecução dos objetivos do mesmo.


Por fim, tomou a palavra a Presidente da Câmara Municipal de Alcanena, Fernanda Asseiceira, referindo que o Museu do Curtume abriu as suas portas simbolicamente com a sessão de Assinatura do Protocolo, agradecendo a todos os particulares que doaram material e equipamentos ao Museu do Curtume. Fernanda Asseiceira reforçou a importância deste projeto.

 

Referenciou ainda que as entidades intervenientes no projeto são parceiros privilegiados para alcançar os objetivos propostos, que culminarão com a inauguração do Museu em setembro de 2014, em simultâneo com a 2ª Edição da Expopele.
Para finalizar, foi feita uma visita pelo Museu do Curtume, para uma melhor perceção do espaço expositivo, gabinetes e outras áreas de trabalho.


De recordar que a CMA, o IPT, a APIC e o CTIC, com esta cooperação, têm como intenção a implementação e dinamização do projeto “Museu do Curtume” no Município de Alcanena.


Este protocolo visa o desenvolvimento de laços de cooperação que permitam concretizar iniciativas no âmbito do empreendedorismo, da inovação, da tecnologia e da divulgação do património cultural material e imaterial relacionado com a Indústria de Curtumes no Concelho de Alcanena, através da dinamização do Museu do Curtume.

 

Morada
Rua Dr. Carlos Nunes Ferreira


Museu Rural e Etnográfico do Espinheiro

Alcanena Museu Etnografico Espinheiro

O Museu Rural e Etnográfico do Espinheiro foi inaugurado em 19 de Março de 2000

 

O atual Museu Rural e Etnográfico de Espinheiro é o natural herdeiro do Museu particular pertença de João Davide Lourenço, espinheirense que, ao longo da vida, se dedicou às coisas da sua terra e à recolha de objetos que o tempo ia lançando para o esquecimento e para o desuso.

 

Trajes, louças, ferramentas, objetos do quotidiano que o progresso ia relegando para a história. Instalado, até Março de 2000, na própria casa de João Davide Lourenço, a sua instalação remonta ainda a uma outra, propriedade de Manuel Rodrigues David, uma muito típica casa do Espinheiro, com soalho pregado com pregos da forja da aldeia, forro sobreposto e janelas de cantaria em pedra e floreiras.

 

É, pois, um museu cuja iniciativa remonta à década de 50, traduzindo bem o empenho e o carinho que João Davide Lourenço soube cultivar pela sua aldeia, divulgando e promovendo a sua etnografia e as suas tradições. Culturalmente associado ao Rancho Folclórico de Espinheiro, o núcleo museológico inicial foi sobretudo um incentivo e uma forma de despertar consciências e atitudes face à necessidade de preservação de objetos e expressões populares da cultura espinheirense. A esse núcleo, naturalmente organizado e exposto sem as melhores condições de conservação, sucedeu o Museu Rural e Etnográfico de Espinheiro, um espaço pensado e criado para recolher o espólio oferecido por João Davide Lourenço e com capacidade para receber ainda o que, no futuro, vier a enriquecê-lo.

 

Às gentes do Espinheiro cabe a sorte e o orgulho de disporem de um tão rico património sócio - cultural e etnográfico. A sua determinação foi o mote para este museu, que ficou associado à conjugação de esforços e boas vontades que permitiram por de pé o atual edifício: João Davide Lourenço, Fábrica da Igreja Paroquial de N. Senhora da Encarnação do Espinheiro, Junta de Freguesia e Câmara Municipal, com o apoio da ADIRN – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Norte. Por último o espólio. Melhor que contá-lo é vê-lo e desfrutá-lo.

 

Os núcleos são, em última análise, o núcleo da vida, da história, das gentes, das pedras e das florestas do Espinheiro.

 

Morada
Rua Álvaro Valente
Espinheiro
2380-310 Alcanena

 

Horário
O Museu pode ser visitado todos os dias da semana, mediante marcação prévia

 

Contactos
Junta de Freguesia de Espinheiro
Telefone/Fax: 249 870 612


Sector de Cultura da CMA
Telefone

249 889 010
Fax

249 891 136
E-mail

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.


Pavilhão Multiusos Alcanena

pavmult

 

Inaugurado a 10 de Outubro de 2004, o Pavilhão Multiusos de Alcanena representa um novo patamar de qualidade e modernidade nas estruturas coletivas ao dispor do concelho. Trata-se de um equipamento destinado a acolher iniciativas de âmbito cultural, de recreio e empresarial.

 

Morada
Rua Dom Nuno Alvares Pereira (EN 365-4)
2380-061 Alcanena

 

Desporto e Lazer


Campo de Ténis

Foto 261


Morada
Jardim da República
Rua Bento de Jesus Caraça

 

Contactos
Telefone

249 887 200

 

Horário
9h às 22h – Segunda a Domingo


Circuito actividades fisicas - Jardim da República

IMG 5998

Morada
Jardim da República
Rua Bento de Jesus Caraça

 

Horário
Utilização livre


Estádio-Pista Atletismo Manuel da Piedade Costa

Estádio Municipal - Alcanena PISTA ATLETISMO 02

Caraterísticas
- Piso Sintético
- Com iluminação

 

Morada
Rua Calouste Gulbenkian

Contactos


Telefone

249 889 010/249 889 112

 

Horário
8:30h às 22h – Segunda a Sexta


Estádio Municipal Joaquim Maria Baptista

Estadio


Caraterísticas
- Piso Relvado
- Com balneários
- Com iluminação

 

Morada
Rua Calouste Gulbenkian

 

Parque de Campismo e Caravanismo - Alviela

campismo


Morada
Praia Fluvial dos Olhos d'Água do Alviela
Louriceira  
2380-450 Alcanena

 

Área: 10.000m2

 

Lotação: 300 pessoas

 

Contacto

Telefone

249881805/249891027

 

Período de funcionamento (entradas no Parque de Campismo):

- Época alta: das 09H00 às 19H00

- Época baixa: das 10H00 às 18H00

 

Observações: Marcação prévia


Pavilhão Desportivo de Alcanena - Escola Secundária

Pavilhão Desportivo de Alcanena 2


Caraterísticas
- Piso flutuante de madeira
- Com balneários
- Com iluminação

 

Morada
Avenida Joaquim Maria Baptista

 

Contactos

Telefone
249 889 112 (Subunidade de Juventude e Desporto da CMA)

 

Horário
A utilização do espaço está sujeita a reserva prévia


Pavilhão Gimnodesportivo de Minde

PAVILHÃO DE MINDE 3


Caraterísticas
- Piso flutuante de madeira
- Com balneários
- Com iluminação

 

Morada
Rua do Vitória
2395-177 Minde

 

Contactos
Telefone

249 845 027

 

Horário
18h às 23h – Segunda a Sexta


Pavilhão Municipal Carlos Calado

Pav CC

Caraterísticas
- Piso Sintético
- Com balneários
- Com iluminação


Morada
Rua Bento de Jesus Caraça

 

Contactos
Telefone
249 889 112 (Subunidade de Juventude e Desporto da CMA)


Horário

18h às 23h – Segunda a Sexta


Piscina de Alcanena

Piscinas Alcanena

Caraterísticas
- 2 Piscinas (uma interior e outra exterior, ambas com 25 metros de comprimento)
- 2 Piscinas Infantis exteriores
- 1 Tanque de saltos
- Com balneários
- Com iluminação

 

Morada
Rua José Afonso
Alcanena

 

Contactos
Telefone

249 881 328

 

Horário
Época Normal
- 10h às 20h – Seg. a Sex.
- 9h às 12h – sáb.
*encerrado aos domingos e feriados


Época de Verão
- 13h às 19h – de Segunda-feira a Domingo


Piscina de Minde

PISCINA MINDE 2

Caraterísticas
- Piscina interior (25 metros de comprimento)
- Com balneários
- Com iluminação

 

Morada
Minde

 

Contactos
Telefone

249 849 390


Horário
- 10h às 20h – Seg. a Sex.
- 9h às 12h – sáb.
*encerrado aos domingos e feriados


Polidesportivo da Escola Primária de Alcanena

poli epa

Caraterísticas
Piso em cimento

 

Morada
Rua Engenheiro Eduardo de Arantes e Oliveira

 

Contactos
Telefone

249 889 010/249 889 112

 

Horário
Utilização livre